1. Wittgenstein - Inglês para Concursos


Cursos de língua estrangeira tendem a cair em duas categorias: aqueles que embora fáceis e divertidos, não ensinam muita coisa e aqueles que, tendo a pretensão de dar condições ao aluno de ler e falar, tornam-se tão enfadonhos. difíceis e longos que estão ao alcance apenas de uma pequena minada de indivíduos altamente motivados e persistentes.

Queremos que este curso seja a exceção. Grandes admiradores que somos do filósofo. Matemático e lingüista austríaco Ludwig Wittgenstein, usamos suas teorias a respeito da possibilidade de se reduzir as estruturas semânticas da linguagem a umas poucas expressões ortogonais. Com isto, esperamos diminuir o esforço do leitor no que tange à memorização do vocabulário e das regras gramaticais.

Conforme dissemos, Wittgenstein acreditava que é possível se comunicar com umas poucas palavras e regras gramaticais. Seu discípulo C. K. Ogden tentou descobrir quais eram estas palavras no caso do idioma inglês e concluiu que 16 operações, 600 nomes de coisas, 150 adjetivos e 84 partículas adverbiais eram suficientes para transmitir qualquer idéia. No total Basic English, a linguagem minimalista proposta por Ogden, possui apenas 850 palavras e pode ser descrita em uma página! Neste curso, começamos aprendendo a gramática e as 850 palavras do Basic English. Com isto, você já será capaz de se comunicar em inglês.

O passo seguinte será aumentar o seu vocabulário com mais 150 palavras do inglês normal. Ao todo, você aprenderá apenas 1000 palavras. Este, entretanto, não é um curso de brinquedo, como Ogden mostrou em um livro maravilhoso chamado "The System of Basic English". Lá o brilhante discípulo de Willgenstein demonstrou além de qualquer possibilidade de refutação que mil palavras são suficientes. De fato, Ogden não só ofereceu um curso completo de inglês usando apenas as 850 palavras de s eu sistema como também apresentou textos sobre vários temas, entre os quais citaremos noticiário, religião, química e ficção científica. E não vá pensar que o livro está cheio de perífrases desajeitadas e pouc o naturais. Tudo tem o sabor de um inglês perfeito, natural, sem mácula, como você terá a oportunidade de observar com olhos e mente. Isto porque, aproveitando-nos do fato de que os direitos autorais de Ogden já estão vencidos (já se passaram mais de meio século desde que ele escreveu "The System of Basic English"), fizemos amplas citações de seu trabalho. 

A maior dificuldade da língua inglesa está na pronúncia. Isto porque a forma escrita das palavras inglesas não dá nenhuma pista a respeito de como pronunciá-las. Felizmente os dicionários fornecem a pronúncia de cada palavra em um código especial chamado alfabeto fonético internacional. Nesta página, fornecemos exemplos do referido alfabeto, que você deve estudar cuidadosamente, memorizando a pronuncia de cada letra. Dê especial atenção ao "TH", que representa dois sons inexistentes em nossa língua (para produzí-los, coloque a língua entre os dentes e tente pronunciar a letra "T" ou "D").

FATHER, ARM, BATH
BUT, COME
MAN, CAT, ANT, BAG
FATHER, AGO
BIRD, HEARD
GET, BED
IT, BIG
TEA, SEE, SEA
HOT, WASH, POT
SAW, ALL, BALL, THOUGHT
PUT, BOOK
TO, YOU
FLIGHT, LIGHT
FLAME, PLACE

<<Introdução  -  [Inglês para Concursos]  -   Proxima Aula >>


0 comentários:

Postar um comentário

-Este espaço é exclusivamente reservado para usuários que tenham dúvidas ou aviso de link quebrado.
-O blog também aceita sugestões, elogios e críticas.
-Os comentários ofensivos que desrespeitem outros usuários ou moderadores do blog serão excluídos.
-Obrigado e volte Sempre!