35 Dicas Para Aprender Inglês - Parte 1

1. Aceite a língua inglesa
Muitas pessoas apresentam uma resistência muito grande em relação ao idioma. Isso
representa um dos maiores empecilhos para o aprendizado. Então, nada melhor do que aceitar
o idioma e seguir em frente. As diferenças vão existir e somente aqueles que forem capazes de
aceitá-las irão se destacar.

2. Evite comparações com o português
Os dois idiomas têm origens distintas e apresentam algumas diferenças que devem ser cuidadosamente analisadas. Enfim, toda vez que uma comparação é feita, um dos lados sai perdendo e outro ganhando.
Então, por que comparar se isso não irá mudar em nada o idioma? Você já disse alguma destas frases:
Ah, mas em português é muito diferente...
Inglês é mais difícil que português...
Se a resposta for “SIM”, não se preocupe, pois ainda há tempo para mudar sua atitude em relação ao idioma. Mais fácil ou mais difícil?
Essa dúvida pode render uma discussão muito longa e inconclusiva. Portanto, nada de estresse. Conviva com as diferenças e deixe as comparações de lado.

3. Faça um planejamento para seus estudos 
dicas para aprender inglês  Estudar exige disciplina, como tantas outras coisas na vida. É importante decidir
o quê, onde, quando e como estudar. Se você estuda duas vezes por semana (segundas e quartas, por exemplo), pode fazer uma rotina de estudos no mesmo horário em outros dias (terças e quintas)
com os seus colegas – ou sozinho, se preferir. Escolha um bom lugar para fazer isso, evitando sofás, camas,
enfim, locais que possam fazer com que você tenha sono e perca a concentração. É claro que estas são apenas algumas sugestões, mas você pode estabelecer a melhor forma de fazer isto, aumentando seu
contato com o idioma e acelerando seu aprendizado.

4. Tenha os pés no chão
Não se aprende de uma hora para outra. Dedicação, persistência, entre outras características, são necessárias para um aprendizado completo. Então, não crie expectativas de que você irá
aprender em poucos dias ou em poucas semanas. Lembre-se de que você não aprendeu português em um curto período de tempo;
foi o estudo contínuo que o levou a conquistar sua fluência no idioma. O mesmo irá ocorrer com o inglês e qualquer outra língua que você estude.

5. Evite os excessos
Estudar é bom, mas tudo que for em excesso poderá fazer mal à sua saúde.
Assim, consulte sempre seu planejamento para verificar se você não está exagerando ou se propondo a realizar algo impossível. A atitude mais prudente é ser constante no aprendizado.
No final deste livro há uma sugestão de planejamento de estudos.

6. Leia sites em inglês
Adote o Google como pai e a Internet como mãe! Nada como ter à mão tanta informação sobre os
assuntos que interessam. Pesquise, leia e busque compreender o que está vendo. Pode traduzir? Até pode,
mas tente primeiro entender o contexto do que está lendo para verificar se a palavra que você não conhece está fazendo muita falta. Se você compreender o texto, apenas sublinhe a palavra e procure seu
significado ao final da leitura. Agora, se a compreensão ficou comprometida, melhor procurar logo o significado e tirar a dúvida de uma vez.
Outra coisa: se por acaso o texto for muito difícil, peça a alguém para ajudá-lo na compreensão.

7. Saiba da importância do inglês nos dias de hoje
Todos nós sabemos de uma coisa: o inglês é a língua mais falada no mundo dos negócios. Não apenas os
grandes empresários, mas todos os profissionais bem sucedidos sabem que o inglês é a base para uma
trajetória vitoriosa no mercado de trabalho. Mas com o mundo em constante transformação, lembre-se de que somente o inglês não irá garantir o seu sucesso. Estude constantemente tudo o que se referir a sua profissão, além de outros idiomas: espanhol, alemão, italiano, mandarim...

8. Ouça inglês
Ouvir inglês é fundamental para a sua fluência. As músicas, os filmes, os nativos são algumas idéias para
você apurar a sua audição. Já ouviu falar de pessoas que são capazes de tocar uma música “de ouvido”? São
aquelas pessoas que ouvem e são capazes de reproduzir a música com perfeição. Sabia que o mesmo pode
ocorrer com um novo idioma? Sendo assim, comece a ouvir para treinar cada vez mais.
9. Repita palavras e frases
Repita quantas vezes quiser. O que uma criança faz quando aprende uma palavra nova?
Repete, repete, repete e o que é melhor: aprende! Pode até não pronunciá-la corretamente nas primeiras vezes, mas a persistência é capaz de fazer com que isso seja corrigido com o tempo. Portanto, repita cada nova palavra que aprender até se sentir seguro para usá-la corretamente.
 
10. Compre um dicionário
E por falar em palavras novas, lembre-se de investir em um dicionário. Para quem está começando, um
dicionário português/inglês/português irá ajudar a ampliar o vocabulário. Peça auxílio ao seu professor
para escolher um que seja adequado ao seu curso e que supra as suas necessidades. Com o passar do tempo, adquira um dicionário inglês/inglês. Isso mesmo! Palavras em inglês com explicações
em inglês. Como o nosso Aurélio, só que em inglês. É a sua evolução!

Por Prof. Evandro (www.estudecomevandro.com.br)


3 comentários:

RAVENA disse...

Ótimas essas dicas, tanto para quem já está estudando, e para quem está começando agora.

Anônimo disse...

Please make a plan to teach the following language item: the use of "there is" and "there are" to students from 12 to 15 years old. Please state clearly what activities you will do to present the item, to check the students' understanding the item, to let the students practice, and produce the item, and homework or extra activities.

Anônimo disse...

achei muito interessante,por que nos faz aprender como aprender a manusear a língua inglesa>

Postar um comentário

-Este espaço é exclusivamente reservado para usuários que tenham dúvidas ou aviso de link quebrado.
-O blog também aceita sugestões, elogios e críticas.
-Os comentários ofensivos que desrespeitem outros usuários ou moderadores do blog serão excluídos.
-Obrigado e volte Sempre!